» O desafio da comunicação para autistas

O desafio da comunicação para autistas

A Olhar Cidadão é parceira do Projeto Integrar Autismo, que recebeu, em 2016, apoio financeiro e técnico do Programa Vai Tec, da Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa). Tendo à frente Adriana Godoy e Neimer Gianvechio, a iniciativa oferece o curso de educação a distância (EAD) “Como elaborar Desenhos Roteirizados para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA)”.

O projeto do casal, que  tem dois filhos, sendo o caçula, diagnosticado desde os 3 anos de idade com autismo moderado e pouca verbalização, vem dar suporte a pais, educadores e cuidadores,  ensinando-os a produzirem, por si mesmos, Desenhos Roteirizados que auxiliem as pessoas com TEA com quem convivem.

A comunicação é um dos grandes desafios das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Embora não exista uma pessoa autista igual a outra, um aspecto característico a todas elas é a dificuldade de socialização, incluindo as habilidades para se expressar e, principalmente, compreender as mensagens que lhes são direcionadas.

Assim, muitas famílias e cuidadores de pessoas com TEA enfrentam no cotidiano enormes dificuldades para ensinar, até mesmo, as atividades mais básicas, como usar o vaso sanitário, escovar os dentes ou tomar banho. Por outro lado, estudos indicam que autistas tendem a ser mais sensíveis à linguagem visual que à linguagem oral ou escrita. Por esse motivo, inúmeras terapias fazem uso de abordagens educativas por meio de pistas visuais.

A técnica de Desenhos Roteirizados desenvolvida pelo casal Adriana Godoy e Neimer Gianvechio é inspirada em terapias existentes e introduz como diferencial o uso de estratégias específicas de roteirização de histórias em quadrinhos. Trata-se de um recurso de apoio visual (não um tratamento) que auxilia crianças, adolescentes e adultos com TEA na superação de diversos desafios de aprendizagem. Seu propósito é ajudá-las a compreender contextos sociais, minimizar comportamentos agressivos e controlar impulsos, contribuindo assim para desenvolver a autonomia pessoal.

Confira no exemplo:  https://goo.gl/lz2b4b

Adriana e Neimer relatam que a aplicação dos Desenhos Roteirizados na prática cotidiana vem dando bons resultados no desenvolvimento pessoal de seu filho autista. Este ano, pela primeira vez em sua vida, ele está frequentando a escola sozinho, na sala de ensino regular, sem a presença de um assistente terapêutico ao seu lado.

Para divulgação dos desenhos, o casal mantém um site, o Autismo Projeto Integrar (http://autismoprojetointegrar.com.br/), que tem como lema a frase “De pais para pais”. Adriana se tornou uma mãe ativista da causa da inclusão escolar, participando de congressos científicos e ministrando oficinas e palestras para professores e profissionais de saúde. Seus desenhos têm beneficiando inúmeras famílias.

O trabalho da Olhar Cidadão envolveu a elaboração completa do curso de EAD, da proposta instrucional e pedagógica à produção de vídeo aulas e outros materiais educativos. Incluiu também a renovação do site, criação de logomarca e outras ações de comunicação. O curso completo é composto por sete aulas, que estão sendo postadas no site do projeto (http://autismoprojetointegrar.com.br/).

A empresa SobreApps (http://sobreapps.com.br/), parceira da Olhar Cidadão, foi responsável pelo layout, desenvolvimento e implantação do site, com funcionalidades específicas de e-learning e vendas on-line.

A iniciativa recebeu, em 2016, apoio financeiro e técnico do Programa Vai Tec, da Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa), serviço social autônomo vinculado à Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo (http://www.adesampa.com.br/).

Não é possível comentar.