Metodologia de avaliação de projetos sociais

Sistematização e comparabilidade foram os desafios da avaliação de resultados desenvolvido para os projetos sociais da Suzano Papel e Celulose.

C

Nesse trabalho, a Olhar Cidadão construiu com o Estimar-Instituto de Pesquisa, parceiro nas questões ligadas à pesquisa e à avaliação, um conjunto de indicadores de resultados para analisar o portfólio de ações sociais ligadas a áreas temáticas diversas, como geração de trabalho e renda, saúde, educação ambiental e formação profissionalizante para jovens.

O resultado foi a criação de uma metodologia inédita de avaliação e sistematização de resultados, capaz de permitir comparação e a tomada de decisões estratégicas sobre investimentos sociais.

Veja abaixo uma síntese desse trabalho que gerou uma metodologia consistente e que se aplica de forma muito eficaz na avaliação de impactos dos investimentos sociais privados.

Resultados alcançados

  • Alinhamento dos investimentos com a estratégia definida
  • Comparação de investimentos dentro de uma mesma área temática
  • Identificação de pontos fortes e pontos fracos para evolução dos projetos
  • Orientação para as organizações apoiadas com diretrizes consistentes
  • Suporte às decisões internas de continuidade ou não dos investimentos
  • Identificação e orientação para sistematização das melhores práticas
  • Sustentação da comunicação dos investimentos realizados.

Premissa

Estabelecimento de um conjunto de indicadores que possibilitassem uma avaliação abrangente da eficácia dos investimentos sociais.

Desafio

Seleção com segurança das variáveis analíticas diante de duas  complexidades apresentadas pelos investimentos sociais da empresa:

  • Amplo portfólio de programas e projetos sociais apoiados
  • Diversidade de públicos, organizações e contextos sociais envolvidos

Metodologia

Desenvolvida pela Olhar Cidadão e pelo Instituto Estimar com a seguinte estrutura de avaliação:

  • Resultado primário: indicadores que possibilitam avaliar o objetivo central do projeto.
  • Resultados de processo: indicadores que revelam a eficiência dos instrumentos de execução do projeto, com impacto direto no resultado primário.
  • Resultados sociais indiretos: indicadores que reflitam possíveis ganhos sociais indiretos, com potencial transformador, mas não necessariamente vinculado ao resultado primário.
  • Indicadores de sustentabilidade: indicadores que sinalizem o nível de independência do projeto em relação aos seus gestores e/ou patrocinadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>