Boas Práticas na aplicação da Política de Assistência Social

Reunião Paragominas abrilEm uma semana de trabalho no Pará, de 25 a 29 de abril, estivemos em meio a pessoas muito engajadas na aplicação da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), em Paragominas. Foram aprendizados e experiências que vão se desdobrar na consolidação de boas práticas que poderão ser compartilhadas pela gestão pública dos Serviços de Assistência, cujo papel se torna mais relevante num período de avanço de indicadores da desigualdade social no país.

Discutimos fluxos internos e externos da Proteção Básica e da Proteção Especial de Média e Alta Complexidade, para avançar depois na reflexão sobre sua relação com os setores da Saúde, Justiça e Educação, entre outros da Rede de Proteção Intersetorial que deve assegurar  direitos aos cidadãos, especialmente aqueles em situação de vulnerabilidade. Esse trabalho é feito em conjunto pela Olhar Cidadão e a Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), em parceria com a Hydro Norsk, que viabiliza o programa Viver Cidadania no município.

Além do processo de qualificação da gestão de fluxos, que representa o eixo de fortalecimento institucional da Assistência Social dentro do programa, realizamos formações e trabalhamos na proposição de novas atividades socioeducativas com os públicos das diversas faixas etárias atendidos nos CRAS e CREAS do município. Nesse eixo de atuação, o foco é a consolidação de boas práticas por meio de uma coleção de Cadernos de Atividades, com temáticas que vão da Erradicação do Trabalho Infantil, Combate à Violência contra a Mulher, Convivência Familiar e Comunitária, entre outros.

Os cadernos são desenvolvidos pela Olhar Cidadão para técnicos de referência, orientadores e facilitadores dos Serviços de Proteção Social Básica e Especial, como o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), além de profissionais do PAIF, PAEFI, Abordagem Social, Atendimento a Adolescentes em cumprimento de Medidas Socioeducativas, entre outros, que estão contribuindo no aprimoramento das propostas de atividades. Todos os materiais são disponibilizados para as equipes da SEMAS na plataforma do programa Viver Cidadania, que contém um acervo de formações virtuais (oficinas com especialistas) e outros conteúdos de interesse, alinhados à PNAS.

 

 

 

 

Não é possível comentar.